História do Ouro

| Março 14, 2012 | 0 Comments

Estima-se que o ouro surgiu devido à explosão da supernova que deu origem, por sua vez, às bases do nosso sistema solar.

A Terra, quando surgiu, albergava uma diminuta percentagem de ouro, e ao longo de diferentes processos geológicos, que duraram uma eternidade, foram-se depositando em diversos cantos por todo o planeta.

As primeiras utilizações do Ouro

O ouro tem uma história longa e complexa, e sempre teve um grande impacto sobre a Humanidade. É conhecido desde a Antiguidade, sendo certamente um dos primeiros metais trabalhados pelo Homem. Escavações arqueológicas sugerem que o uso do ouro começou no Médio Oriente, onde começaram as primeiras civilizações conhecidas. Sabe-se que na Suméria, no Egito, onde foram encontradas as mais antigas peças de joalharia em ouro, existem hieróglifos egípcios de 2600 a.C. que descrevem o metal, que é referido também em várias passagens no Antigo Testamento, no Livro das Revelações onde a Nova Jerusalém é descrita como uma cidade onde as ruas são feitas de ouro puro.

É considerado como um dos metais mais preciosos, e o seu valor foi empregado como padrão para muitas moedas ao longo da história. Tem simbolizado a riqueza e o poder, tem causado obsessão em homens e nações, fazendo alguns ricos e outros pobres, destruiu até algumas nações dando poder a outras e catapultou-nos para a idade dos descobrimentos.

Na época das Grandes Navegações países como Espanha e Portugal eram considerados riquíssimos pois trouxeram bastante ouro da América recém descoberta, com o tempo porém esse ouro foi gasto…

Este metal precioso tem acompanhado desde sempre a civilização, inicialmente era usado como adorno e decoração. Diz-se que o Rei Croesus de Lídia (atual região da Turquia) em 560 a.C., foi o primeiro a cunhar moedas de ouro com a sua insígnia, desde essa altura o ouro adquiriu mais uma utilidade, na forma de dinheiro, auxiliando assim os comerciantes na realização dos seus negócios. Os romanos foram o povo que transformou o processo de explorar minas num método de produção em massa. Utilizando métodos revolucionários de mineração hidráulica, em Espanha – Las Medulas, uma das maiores minas, e posteriormente na Roménia extraíram vastas quantidades de ouro.
Depois da queda do Império Romano, a mineração e produção de ouro foi interrompida por quase 1.000 anos até a exploração espanhola da América em 1492. Esta era alimentada pela busca de ouro, era muito comum na América do Sul e Central, tanto assim que o ouro asteca era considerado um produto dos deuses. Infelizmente a abundancia do ouro apenas serviu para aumentar a ganancia dos espanhóis, e talvez por isso se tenha desmoronado o Imperio Asteca, quem sabe se a nossa história não teria sido muito diferente…

Na América o ouro também teve um papel importante, na colonização onde muitos milhares arriscaram a vida para encontrar ouro. A corrida ao ouro deu-se em diversos estados do Oeste e o acontecimento mais marcante foi a sua descoberta na Califórnia, em Sutter’s Mill em 1848, pouco depois em 1853 a sua produção atingia a módica quantidade de 93 toneladas. O ouro ajudou a criar algumas das cidades mais famosas do mundo, com San Francisco.
Na mesma altura descobriu-se ouro também na Austrália, Canadá e em 1886 na África do Sul, que se tornou o maior produtor desde então, o de maior qualidade encontra-se nas antigas rochas pré-câmbricas da África do Sul, onde se extrai através das minas mais profundas que existem. Noutros locais do mundo, o ouro pode extrair-se de rochas sedimentares mais jovens procedentes da erosão de outras do período Pré-câmbrico. O metal precioso da conhecida febre do ouro americana corresponde a este último tipo de jazida.

O Ouro nos dias de hoje

Hoje em dia, no estado do Nevada, filtra-se a grande escala rocha sedimentar para extrair o ouro, e 75% de todo o ouro já produzido foi extraído nos últimos 100 anos. A maior parte do ouro extraído ao longo da história ainda está em uso e apenas é reutilizado de maneiras e formas diferentes por gerações subsequentes.

É algo que cada um de nós valoriza e quer, é incrível, belo e valioso, é ainda considerado símbolo da realeza, pureza e prestigio, pode até ter uma história sangrenta e como cantou Led Zeppelin nos anos 70, “nem tudo o que reluz é ouro”…

Preço do Ouro

O preço do ouro, varia todos os dias e está, actualmente, indexado ao dólar. Em 2000 valia aproximadamente 250 USD. Actualmente vale mais de 1700 dólares.

Tags:

Category: História do Ouro

Leave a Reply

*


9 × = forty five